All posts tagged: Josh Rios

Perto de Lá < > Close to There: Adriana Araujo and Josh Rios in Conversation

Esta entrevista foi editada para garantir clareza e comprimento, e foi traduzida para nossos leitores no Brasil com as seções em português em itálico, e em inglês em tipo normal. Adriana Araujo: Gostaria de começar nosso encontro pelo meio, esse tempo aqui agora, nos constituindo continuamente.  Estou neste momento ao lado de uma árvore a quem chamo de Generosa, é uma mangueira do quintal da casa que vivo, que dá frutos suculentos e doces, ela abriga pássaros, lagartixas, morcegos, formigas, entre outros seres vivos, alguns invisíveis. Além de abrigar um mundo inteiro em si, Generosa produz sombra e ameniza o calor nos dias ensolarados da cidade que vivo faz pouco menos de cinco anos, Santa Maria da Vitória. Aqui quase todos os dias (às vezes penso que as noites também) são de sol intenso. O céu hoje amanheceu parcialmente nublado, mas quase sempre o céu é bem azul. Quando sinto muita saudade de Salvador, o lugar onde nasci e vivi a maior parte da minha vida, é só olhar para o céu e me inventar mais perto do …

Image: Kahlil Robert Irving, MOBILE STRUCTURE; RELIEF & Memorial: (Monument Prototype for a Mass); 2019. Sculptural Installation. Photo by Shabez Jamal.

From Punk Clubs to Panaderías: Counterpublic, An Embedded Triennial

In an era hypersaturated with recurring exhibitions – from Shanghai to Sharjah, Havana to Venice – a new St. Louis triennial urges artgoers to forgo the touristic water taxis for their own two feet. Organized by The Luminary, a St. Louis-based nonprofit platform for art and activism, Counterpublic reinvigorates global precedents with a model that approaches the city on the scale of a neighborhood. Its inaugural iteration takes place in the 12-block radius of Cherokee Street, a neighborhood of family-operated businesses and art spaces that serves as the Latinx center of St. Louis. Any of the 30+ site-responsive installations and performances greet equal parts neighbors carrying grocery bags and cognoscenti clutching the newspapers that serve as maps to make the pilgrimage. Artworks are ingrained in punk clubs and panaderías, indicated subtly by small yellow signs. The exhibition evolves at various levels of sunlight and sobriety – it features a John Riepenhoff-created beer at Earthworks brewery –as Counterpublic’s hours are set by the shops themselves. On the street, none of the artwork is particularly protected; this …